BELÉM RIBEIRINHA - pará
6 dias

AGENDE SUA VIAGEM

DESCRIÇÃO

DIA 1: Belém. Chegada em Belém. Dia livre.

DIA 2: Belém. Pela manhã, visita ao popular mercado Ver-o-Peso, que é o famoso cartão postal de Belém, o comércio mais interessante e encantador da Amazônia. À tarde, um passeio pela parte histórica e antiga da capital paraense, com destaque ao complexo Feliz Lusitânia, onde ficam a Igreja de Santo Alexandre e o Museu de Arte Sacra, a Catedral da Sé, a Casa das Onze Janelas e o Forte do Castelo, marco inicial da fundação de Belém. Seguindo até a Praça da República, visita ao imponente Theatro da Paz. O pôr-do-sol será admirado da Estação das Docas, espaço cultural e gastronômico que fica na área portuária às margens da Baía do Guajará.

DIA 3: Belém/Ilha de Cotijuba/Belém. Traslado até Icoaraci, embarque para Ilha de Cotijuba. Chegada e vivência com o Movimento de Mulheres das Ilhas de Belém – MMIB, organização social local com atuação há vinte anos nas ilhas de Belém. Bate-papo com as mulheres incríveis de lá e oficina de artesanato a partir de sementes e fibras locais. De tarde, tempo de descanso e lazer na Praia do Vai Quem Quer, uma praia de rio. Retorno a Belém e traslado ao hotel.

DIA 4: Belém/Boa Vista do Acará/Belém. Saída para o porto em Belém. Embarque em barco regional com destino à Boa Vista do Acará. Chegada ao porto da comunidade e encontro com representante da Associação de Produtores de Boa Vista do Acará que será nosso acompanhante durante o dia. Caminhada até a sede da associação, onde faremos uma rodada de apresentação e um lanche de boas-vindas preparado pelos comunitários. De lá, sairemos para visita ao plantio de priprioca, raiz aromática utilizada na produção de cosméticos. As famílias se sustentam com o cultivo do açaí, cupuaçu, biribá e tantas outras espécies, que serão apresentadas por eles durante a visita ao “sítio” (área reservada ao cultivo de frutíferas) de uma das famílias locais. Em seguida, teremos oportunidade de conhecer todo o processo de produção artesanal da farinha de mandioca, que é base da alimentação das populações amazônicas. Almoço regional na comunidade e tempo de descanso. À tarde, um delicioso banho de igarapé acompanhado de um banho de cheiro. Caminhada de volta ao porto e embarque para retorno. Chegada em Belém e traslado ao hotel.

DIA 5: Belém/Ilha do Combu/Belém. Saída do hotel para o porto em Belém, onde embarcaremos em barco regional para a Ilha do Combu. Chegaremos à ilha Dona Nena, cuja área agroflorestal de 14 hectares produz cacau e frutas da Amazônia como o bacuri (Platonia insignis) e o cupuaçu (Theobroma grandiflora). Após nos apresentarmos e termos um café tradicional com ela (com diferentes produtos artesanais), teremos uma pequena trilha em sua propriedade com explicações informais sobre a biodiversidade local, a preservação das florestas e o uso sustentável da floresta. No final da caminhada, haverá uma explicação e demonstração da produção artesanal de chocolate / cacau de Dona Nena. De lá, almoçaremos em um restaurante à beira do rio na Ilha Combu e teremos tempo para nadar e relaxar. Retorno a Belém e chegada ao hotel.

DIA 6: Belém/Cidades de origem.

O ROTEIRO INCLUI

Transporte terrestre em Belém.

Transporte fluvial em embarcações regionais fretadas.

Hospedagem: 05 noites em Belém na área central da cidade.

Taxa de contribuição para as Associações locais.

Todas as atividades de ecoturismo de base comunitária.

Seguro de viagem.

Sendo 05 cafés da manhã (do dia 2 ao 6); 04 almoços (do dia 2 ao 5); e 02 lanches (dias 3 e 4). Qualquer despesa extra com alimentação será feita por conta dos visitantes.

Acompanhantes da comunidade durante os passeios.

Lembrança regional.

Coordenador logístico bilíngue da Estação Gabiraba.

O que levar

VEJAS MAIS DESTINOS